Dicas e Curiosidades || Saúde: Primeiros socorros para cães

Saúde: Primeiros socorros para cães
Saúde: Primeiros socorros para cães

Assim como nós, os nossos tão queridos bichinhos de estimação, também podem sofrer acidentes, como picada de insetos, mordida ou um ferimento durante uma brincadeira e até mesmo choques. Os primeiros socorros prestados pelos donos são essenciais nestes casos.

Destacamos que é necessário sempre ter em mãos o telefone do Veterinário ou Clínica e informar imediatamente os mesmos das emergências ocorridas. Destacamos que é fundamental o Dono do animal procurar manter a calma.

Técnicas de emergência para a Ressuscitação:

– Respiração:
Verifique se o cão respira observando o movimento do tórax e a respiração
Puxe a língua para fora e, se necessário, remova fragmentos ou qualquer outro tipo de material que esteja na boca do cão.

– Se não retorna a respiração:
Ouça se o coração bate.
Coloque o cão de lado e pressione intermitentemente o seu peito.

Ou:
Coloque a cabeça do cão para frente e estique o pescoço. Feche a boca.
Sopre fortemente pelo nariz para encher o peito até que o animal dê um suspiro.

Transportando um animal ferido:
No momento de transportar o cãozinho, deve-se procurar o fazer com muito cuidado, evitando o mínimo de desconforto para evitar maiores conseqüências.

– Se o cão andar:
Procure fazer com ele ande o mínimo e bem devagar até o veículo, prestando muita atenção e o ajudar no momento de entrar no mesmo, para não agravar os ferimentos.

– Se o cão não andar:
Pequenos e médios cães podem ser levantados e carregados com delicadeza e muito cuidado para não obstruir os movimentos respiratórios.

Verificando que fiquem em uma posição confortável e de preferência de barriga para baixo. Cães grandes devem ser levantados e carregados com ajuda de um cobertor ou toalha grande, fazendo uma “rede” carregada por 2 ou mais pessoas com muita cautela para não bater ou derrubar o cão.

O que fazer em caso de:

Ferimentos diversos, cortes arranhões ou mordidas?
Primeiramente deve-se lava o ferimento pra retirar fragmentos de areia, terra ou pele com solução salina (soro) e na falta de solução salina pode usar água potável. Tente impedir que o animal lamba o ferimento. Procure mantê-lo limpo e seco. Se estiver sangrando aplique pressão no local com um curativo firme e procure rapidamente um veterinário.

Picadas de insetos?
Se tiver ferrão no local, procure retirá-lo (se possível) e em seguida lave o local com solução salina ou na ausência desta, utilize água potável. Para aliviar o desconforto causado o bicarbonato de sódio pode ser aplicado nas picadas de abelha e para as picadas de vespa utilize vinagre para reduzir os efeitos da ferroada.

Queimaduras?
Lave abundantemente a área atingida com água fria pelo menos por 5 minutos. Não aplique nenhum tipo de medicamento ou produto e não corte os pêlos. Não mexa em nenhuma bolha que venha a formar. E procure rapidamente uma clínica Veterinária. Se a queimadura for causa por produtos químicos, fique atendo e procure retirar produto com escova ou pano seco, a água pode ativar o efeito do produto. Busque ajuda veterinária.

Estado de Choque?
Pode ocorrer devido machucados sérios ou traumas devido o medo. Mantenha o animal carinhosamente imóvel, preso, quieto e aquecido.

Choque Elétrico?
* Somente toque no animal após desligar a energia elétrica;
* Se o choque for causado por rede de alta tensão, em vias publicas, não toque no animal, somente se ele estiver a mais de 20 metros de distancia dos fios e chame a policia e bombeiros imediatamente.

Se o animal estiver inconsciente, verifique se ele respira. Se não respirar inicie a ressuscitação. Faça os primeiros socorros dos ferimentos ou queimaduras e busque ajuda de um Veterinário.

Envenenamento?
Procure verificar qual a substância o cão ingeriu e a quantidade e não o induza ao vomito. Procure imediatamente o veterinário ou centro de controle de envenenamento, se possível leve a embalagem do produto. Em caso de toxinas ou produtos químicos em contato com a pele do cão, como tintas, óleos, graxas, por exemplo, procure informações de como remover de maneira segura e não permita que o animal lamba o local.

Fraturas ou Luxações?
Sinais estranhos na movimentação do cão com posição anormal dos membros, com ou sem inchação. E presença de dor, são sinais de fratura. É importante manter o animal tranqüilo para evitar maiores complicações. Não tente recolocar/ reposicionar o membro afetado.

Convulsões e desmaios?
O cão deve ser mantido distante de objetos que possam cair sob ele ou feri-lo, afaste objetos perigosos. Reduza o barulho e a luz ambiente, mantenha o ambiente calmo e livre de barulhos. Use cobertores para acomodar e proteger o animal, nunca o segure ou tente levanta-lo e se possível, cronometrar o tempo da convulsão (que leva cerca de 2 a 3 minutos) e após esse tempo, procure manter o animal calmo e quieto, procure um Veterinário. Em caso de desmaio, verifique a respiração e os batimentos cardíacos.

Engasgamento?
Não tente retirar o objeto ou alimento com pinças, alicates ou outras formas de materiais, utilize o dedo colocando-o na base do maxilar do animal, pressionando para dentro e para cima a fim de expelir o objeto.

Atropelamento?
Situação complicada e difícil de manter a calma, mas nessa hora é importantíssimo que o animal perceba que será socorrido. Converse com animal e cuide dos ferimentos externos, procure imediatamente ajuda veterinária.

Dicas:
Procure sempre manter longe do alcance dos animais objetos pontiagudos ou afiados, brinquedos não próprio para animais, medicamentos, sabonetes, inseticidas e produtos de limpeza.
Assim como para nós humanos, é importante que o cãozinho tenha uma pequena caixa de medicamentos e primeiros socorros, que deve acompanhar o cão até mesmo em viagens, para caso de emergências.

Esse pequeno Kit deve conter basicamente:
Termômetro retal e lubrificante;
Esparadrapo, gaze, faixa e tesoura;
Água boricada e solução salina e solução anti-séptica.
Mantenha nessa caixinha também o telefone do veterinário e clínica equipada para situações de emergências.

Seu cãozinho merece todo cuidado!

COMENTÁRIOS

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro