Dicas e Curiosidades || Saúde: Hora de limpar as patinhas

Saúde: Hora de limpar as patinhas
Saúde: Hora de limpar as patinhas

Após o passeio, a higienização das patas de cães e gatos garante segurança aos animais e aos donos.

Fundamental para o bem-estar de cães e gatos, levá-los para passear é também uma oportunidade de aproximação afetiva com o dono. Na hora de voltar para o lar, no entanto, um cuidado importante – principalmente para pets que vivem dentro de casa – muitas vezes é deixado de lado: a limpeza das patinhas.

”Nós não entramos em casa sem antes limpar os nossos sapatos. Por que com os animais seria diferente?”, diz o médico infectologista da clínica Neoplan, Márcio Vallente. Segundo ele, na rua os animais ficam mais expostos a parasitas e bactérias. ”Eles acabam levando esses micro-organismos para casa. Logo, os moradores ficam mais expostos. Se for costume deixá-los subirem nas camas e sofás, o perigo aumenta”, afirma.

Entre as doenças contraídas por humanos dessa forma, o infectolgista aponta as de pele como as mais comuns. ”Os moradores ficam suscetíveis a dermatites, sobretudo micoses. Podem contrair também problemas como bicho-geográfico ou bicho-de-pé.”

Assim como os moradores, os próprios animais estão sujeitos a doenças, principalmente de pele, após os passeios. Apesar de o animal ter proteção natural nas patas, nem sempre ela é suficiente contra parasitas e bactérias. Para evitar riscos, o médico veterinário Jean Francisco Michalik, da clínica e pet shop Petit Jolie, aconselha uma cuidadosa higiene nas patas após qualquer saída às ruas.

A maneira correta, segundo o veterinário, é usar um pano úmido na higienização. ”Tem de passá-lo por toda a pata e em seguida secá-la”, diz. Michalik aponta que não se pode deixar nenhuma parte molhada, pois isso facilita a proliferação de fungos e bactérias. ”O dono deve tomar cuidado para limpar e secar entre o vão dos dedos, que é uma região que pode abrigar os micro-organismos”, diz.
Mas nada de exageros. Michalik explica que não se deve esfregar demais a pata do animal ou lavá-la com água corrente após cada passeio. ”Esse excesso de limpeza pode acabar gerando uma irritação na pele do animalzinho. A higiene deve ser feita com cuidado, mas rapidamente.”

Procedimento como esse já faz parte da rotina da comerciante Mara Ferreira. Sempre que volta com suas três cachorras de algum passeio, ela separa cinco minutinhos para a higiene. Antes de entrar no apartamento em que mora, os pets têm suas patas limpas. ”Uso um lenço umedecido, que é vendido em quase todas as pet shops (custam, em média, entre R$ 5 e R$ 10) para limpar a pata delas”, conta. ”Meus animaizinhos vivem dentro de casa e têm acesso ao sofás e camas. Faço a limpeza para preservar a saúde deles e a da minha família.”

Fonte: Gazeta do Povo

COMENTÁRIOS

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro