Dicas e Curiosidades || Saúde: Cuidados no Verão

Saúde: Cuidados no Verão
Saúde: Cuidados no Verão

Para que o animal de estimação aproveite a temporada sem sofrer com o sol e o calor e curta as férias de maneira saudável, alguns cuidados são necessários.

O verão chega e para as pessoas é época de praia, sol, mar e diversão. Mas para os animais de estimação este pode ser um período difícil, principalmente para os mais peludos. Para evitar que cães e gatos sofram com o calor, os veterinários recomendam alguns cuidados simples, mas que podem deixar os bichinhos tranquilos para encarar a temporada com mais saúde.

A médica veterinária da Clínica Bem Estar Animal, Ludmila Maria Pereira de Carlos, explica que, em primeiro lugar ,é preciso deixar o animal em lugar fresco e muito bem hidratado para evitar a insolação. Colocar uma pedra de gelo no pote de água ajuda a manter a bebida fresca por mais tempo. Outra dica é a água de coco. Oferecer um pouco dela, desde que geladinha, é uma opção para auxiliá-lo a manter a temperatura do corpo.

Os principais sinais que indicam que o animal pode estar com insolação e desidratação são vomito e diarreia. Para tratar em casa é indicado o soro caseiro, semelhante ao que é feito para crianças. ”Um copo de 250 ml de água, com uma colher de café de açúcar e uma pontinha de sal ajuda a reidratar. Se o bichinho não melhorar, o ideal é levá-lo ao veterinário”, explica Ludmila.

Para quem costuma levar o cachorro para passear nos parques e ruas da cidade ou nos calçadões do Litoral, é preciso ficar atento com os horários. Entre 10 e 16 horas não é adequado ficar exposto ao sol, o que pode causar queimaduras na pele. Além disso o chão está muito quente e pode machucar a pata e causar bolhas. ”O correto é deixar o cão caminhar apenas na grama, não no asfalto. O calor entra pelas patinhas e o animal não percebe. Só à noite o corpo esfria e ele começa a passar mal. Em alguns casos pode causar desnaturação das proteínas e levar à morte”, diz a veterinária.

Se o dono notar que isso está acontecendo com seu animal, um atendimento de emergência antes de levar ao veterinário é molhar todo o corpo dele com água gelada ou passar álcool na parte interna das coxas, nas axilas e no pescoço. Isso ajuda a baixar a temperatura do corpo do bichinho, que com insolação forte pode chegar a 42 graus C.

Quanto aos pelos, o correto é deixá-los bem curtos no verão. Para quem não gosta, os médicos veterinários recomendam pelo menos uma boa tosa higiênica para reduzir a quantidade de pelos em algumas regiões.

Fonte: Gazeta do Povo

COMENTÁRIOS

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro