Dicas e Curiosidades || Saúde: Alimentação Canina

Saúde: Alimentação Canina
Saúde: Alimentação Canina

Os cuidados com uma dieta totalmente balanceada durante a infância e a adolescência de um cãozinho são essenciais para um desenvolvimento físico e psíquico normais.

A ração comercial formulada para cães é indiscutivelmente a melhor opção para alimentar um filhote. Além de prático é muito mais nutritivo, seguro, saudável e melhor balanceado do que comida caseira.

Quando um cão é alimentado desde filhote com uma ração de alta qualidade, o risco dele ter problemas gastrointestinais, doenças nutricionais e alergias alimentares fica muito reduzido.
Atualmente a gama de opções é imensa: existem dezenas de fabricantes que produzem rações de diferentes sabores, odores, cores, formatos, granulações, texturas e matérias-primas. Sempre que for escolher ou substituir uma ração, peça ajuda a um profissional.

Com um ano de idade a maioria dos cães já possui a constituição corpórea de um animal adulto. Somente com esse dado percebemos a importância de suprir com precisão todas as exigências nutricionais que esse rápido crescimento impõe ao organismo.

O que oferecer?
A ração comercial formulada para cães é indiscutivelmente a melhor opção para alimentar um filhote. Além de prático é muito mais nutritivo, seguro, saudável e melhor balanceado do que comida caseira.

Quando um cão é alimentado desde filhote com uma ração de alta qualidade, o risco dele ter problemas gastrointestinais, doenças nutricionais e alergias alimentares fica muito reduzido.

Atualmente a gama de opções é imensa: existem dezenas de fabricantes que produzem rações de diferentes sabores, odores, cores, formatos, granulações, texturas e matérias-primas. Sempre que for escolher ou substituir uma ração, peça ajuda a um profissional.

Cuidados básicos
O tipo, a quantidade e a freqüência de ração a ser oferecida diariamente varia de acordo com a idade, o peso, o porte e a raça do filhote. Leia com muita atenção a tabela de pesos e medidas que existe na embalagem da ração.

Estabeleça uma rotina alimentando o cãozinho sempre na mesma hora e local. Durante as refeições, deixe-o comer e beber sossegadamente. Ele certamente se sentirá mais tranqüilo e feliz com essa estabilidade.

Verifique se existe água potável, limpa e fresca, sempre à disposição do filhote, pois esse cuidado é tão importante quanto o oferecimento de ração. A água corresponde a aproximadamente 80% do peso corpóreo de um cãozinho. Com essa informação fica claro entender porque um animal pode sobreviver vários dias sem alimento, mas não sem água.

Considerações importantes
– Nunca troque bruscamente a ração que o filhote está acostumado;
– Nunca deixe a ração disponível no comedouro por mais de 30 minutos;
– Nunca o alimente em excesso, pois um animal obeso não é um animal saudável;
– Nunca alimente o cãozinho antes de levá-lo para passear de carro ou exercitá-lo;
– Nunca provoque, brinque ou distraia sua atenção enquanto estiver se alimentando;
– Nunca administre qualquer tipo de suplementação (cálcio, vitaminas, sais minerais, aminoácidos, etc.) sem orientação de um médico veterinário;
– Nunca dê restos ou pedaços de comida ao filhote enquanto você estiver fazendo uma refeição, pois além de prejudicial à saúde, ele se transformará em um pedinte.

Filhotes com até um mês de idade
Devem ser alimentados exclusivamente com leite materno. O leite produzido no início da amamentação (colostro) é riquíssimo em anticorpos. Além de adquirir uma proteção imunológica temporária, receberá também todos os nutrientes essenciais para seu desenvolvimento.

Se a fêmea estiver muito debilitada e/ou produzindo pouco leite, os filhotes não se desenvolverão normalmente e chorarão de fome a toda hora. Isso é mais freqüente em cadelas que dão a luz pela primeira vez e/ou possuem uma ninhada muito numerosa. Nessas situações, inicie um desmame precoce para os “bebês” introduzindo gradativamente papinhas industrializadas formuladas especialmente para recém-nascidos. Dependendo da idade, do porte e da condição física dos “bebês”, podemos oferecer essa papinha em mamadeiras especiais para cães recém-nascidos ou diretamente em tigelas rasas. Intercale diariamente 4 ou 5 refeições de papinha com o aleitamento materno.

Filhotes entre 1 e 2 meses
Substitua gradativamente o leite materno ou a papinha para recém-nascidos por uma ração de boa qualidade formulada especialmente para filhotes. Uma semana é o tempo mínimo necessário para essa mudança.

Não se esqueça de umedecer bem a ração com água, a fim de facilitar a sua mastigação e deglutição. Ofereça 4 ou 5 refeições diárias.

Filhotes de 2 a 6 meses
Ofereça a mesma ração de filhotes em 3 refeições diárias. Reduza aos poucos a quantidade de água misturada na ração até deixá-la totalmente seca. Nessa fase já podemos começar a oferecer petiscos caninos durante o “adestramento caseiro”, sempre por merecimento (reforço positivo) e com muita moderação.

Filhotes entre 6 e 12 meses
Mantenha a mesma ração seca, dividida em 2 refeições diárias. Geralmente o consumo de ração diminui visivelmente, pois dependendo do porte do animal o crescimento físico do filhote já se encerrou ou é bem mais lento. Observe atentamente a recomendação do fabricante, pois algumas marcas indicam a substituição da ração de filhotes para a ração de adultos em idades diferentes dependendo do porte (10 ou 18 meses).

Adultos
Ofereça a ração seca mais apropriada (manutenção, alta performance, dietética, terapêutica, etc.) recomendado por um profissional, dividida em 2 refeições diárias. Geralmente eles se alimentam melhor quando a temperatura ambiental está mais amena (manhã e noite).

É importante ter conhecimento do volume total de ração consumida diariamente, para verificar se o animal está ingerindo a quantidade indicada necessária para suprir todas suas necessidades nutricionais. Pesar o cão todo mês na mesma balança e verificar se seu peso está estável também é um bom meio para saber se ele está sendo alimentado corretamente.

Dr. Dalton
fonte: pediatriacanina.com.br

COMENTÁRIOS

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro