Raças de Cachorros || Beagle

Beagle
Beagle

Ter um Beagle em casa é ter a certeza que você estará sempre acompanhado de um cachorro companheiro, animado e bastante divertido. Apesar da expressão tranquila em sua cara, a raça adora exercícios físicos e muita brincadeira.

Características do Beagle

  • Pelo: Curto, denso, duro e resistente
  • Cores: Todas as cores exceto a cor fígado. Ponta da cauda é branca
  • Grupo: Hound
  • Porte: Médio
  • Peso: 15 a 20 kg
  • Altura: 33 a 40 cm

Comportamento do Beagle

O Beagle possui muita energia e é extremamente amável, sendo ideal para famílias com crianças e que não passam longos períodos fora de casa. A solidão pode fazê-los desenvolver atitudes destrutivas no ambiente.

Não apresentam comportamento agressivo, mas costumam latir na presença de pessoas estranhas. Este é, inclusive, um dos motivos que o Beagle não é indicado para quem deseja um cachorro silencioso. Ele late e uiva bastante quando encontra cães na rua, por exemplo.

Mas, se você procura um cão de guarda que avise quando algo estranho estiver ocorrendo em casa, a raça pode ser uma ótima opção. Somente não tenha expectativas de que ele atacará o intruso.

A teimosia é outra característica nata desta raça. O Beagle está em uma das piores posições no ranking de obediência, mas não significa que não é um cachorro inteligente. Pelo contrário, o animal é um excelente farejador e por séculos foi utilizado como cão de caça. Adestrá-lo não será uma tarefa fácil, mas com acompanhamento profissional a missão poderá ser conquistada.

Origem do Beagle

O Beagle é o quinto cachorro mais popular nos Estados Unidos, mas sua história teve início na Grécia antiga. No século V a.C, já haviam registros de raças muito semelhantes.

Usados para a caça, eles eram soltos nas florestas para que farejassem a vegetação baixa atrás da caça.

O Beagle, dentro das características que conhecemos hoje, foi desenvolvido no Reino Unido em 1830 através do cruzamento de cães como o North Country Beagle e Talbot Hound. A raça foi registrada no mesmo ano de fundação do American Kennel Club, em 1884.

Cuidados do Beagle

A obesidade é um dos maiores problemas de saúde desta raça. A ração não deve ficar disponível a todo momento e nem ser dada em grandes quantidades. O ideal é conversar antecipadamente com um veterinário para identificar as necessidades nutricionais deste cão.

Se o Beagle continuar apresentando aumento de peso, mesmo com alimentação regulada e exercícios físicos constantes, é possível que haja problema de hipotireoidismo. Procure assim que possível um médico veterinário para definir o melhor tratamento para seu companheiro de quatro patas.

O Beagle pode ser criado em apartamento, mas devido à tendência ao sobrepeso, são necessários vários passeios diários para o bem-estar animal. Passeios em parques e trilhas são bem-vindos devido ao seu comportamento de farejador.

Em relação à higienização, os Beagles são bastante fáceis de cuidar, mas soltam bastante pelo durante o ano inteiro. São necessários poucos banhos por ano e uma escovação entre uma a duas vezes por semana para remover os pelos mortos.

O cuidado com as orelhas caídas e grandes é essencial. Utilize sempre bolas de algodão sem inseri-las muito ao fundo do ouvido. Evite a utilização de cotonetes.

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro