Raças de Cachorros || Akita

Akita
raça de cachorro akita

A lealdade do Akita foi registrada no filme “Sempre ao seu lado”, protagonizado por Richard Gere.

O longa-metragem conta a história verídica de Hachiko, um Akita japonês que acompanhava seu dono todos os dias até uma estação de trem. Porém, após a morte do tutor, o cachorro continuou aguardando no ponto de encontro até o final da sua própria vida. O Japão, inclusive, ergueu uma estátua em homenagem ao fiel animal.

Desde então, a raça é associada a boa sorte. No país oriental, quando alguém está doente, é comum que amigos ofereçam uma estatueta do cão como votos de melhora.

Características do Akita

  • Pelo: Pelo externa duro, semi longo com subpelo macio e denso
  • Cores: Branca, vermelha, fulvo, sésamo e tigrada
  • Grupo: Working
  • Porte: Grande
  • Peso: 35 a 40 kg
  • Altura: 59 a 69 cm

Comportamento do Akita

A raça Akita é imponente, decidida e dominadora. Ao pressentir que uma pessoa está colocando seus donos em perigo, se tornará agressiva, por isso, é reservada com estranhos.

Ele não costuma ser brincalhão, mas a convivência com crianças é harmoniosa. Contudo, é importante que sempre haja supervisão de adultos porque o cão pode confundir barulhos das brincadeiras com gritos de ajuda, por exemplo, e acabar intervindo para resolver a situação. Para quem possui crianças pequenas, o ideal é sempre a socialização precoce.

Esta raça não é recomendada para quem tem ou deseja ter vários cachorros em um mesmo ambiente. O Akita não gosta de dividir seu espaço, sendo um animal extremamente territorialista. Se for necessário ter mais de um cão, busque fazer a adaptação desde a infância e procure ajuda de um adestrador.

Se você busca um cachorro silencioso, é uma ótima escolha de companheiro. Dificilmente um Akita irá latir, somente em situações que demonstrem perigo. É também comum ouvi-lo uivar para pedir algo.

Origem do Akita

O Akita surgiu em meados do século 17 em uma região montanhosa ao norte do Japão. A pelagem dupla resistente ao frio, o temperamento e a força tornaram-no um cão de ataque e guarda. Sua habilidade de caça também foi utilizada durante muito tempo, já que conseguia encurralar e intimidar grandes animais, como javalis e ursos, até a chegada do caçador.

Houve várias tentativas de cruzá-los com outras raças para aumentar suas habilidades. Mas, o exemplar é tão importante para o país oriental que, em 1927, foi criada a Sociedade Sociedade Akita-inu Hozankai para preservar o Akita. Em 1931, outra conquista foi obtida e o Japão nomeou a raça como uma das riquezas naturais do país.

Cuidados do Akita

Assim como diversas outras raças, o Akita é muito apegado aos seus tutores e não gosta de ficar sozinho por longos períodos. Se isso correr com frequência, podem desenvolver traços agressivos e antissociais. Devido ao seu alto grau de energia, também não é recomendado mantê-lo em apartamento ou espaços pequenos.

A queda de pelo é diária, por isso, a escovação deve ser frequente. A pelagem dupla funciona como isolante térmico de calor e frio, contudo, atenção com as altas temperaturas para evitar desconforto no animal. Nas estações mais quentes, coloque à disposição muita água para hidratá-lo.

← VOLTAR

Publicidade

Concurso de Fotos para Cachorro